LIMPANDO OS DEPÓSITOS CALCÁRIOS DOS VIDROS

Um problema bastante comum que ocorre na faixa superior onde a superfície da água fica oscilando constantemente devido a evaporação e reposição de água dos aquários para quem possui aquários em regiões que tem água com bastante reserva alcalina, é a que chamamos de "zona de deposição".

Elas deixa um faixa de resíduos calcários que se depositam e dificilmente saem com abrasivos que acabam por riscar o vidro, e com o tempo mesmo que deposição seja removida ficam os riscos provocados pelos abrasivos usados.

Na tentativa de remoção tentei achar acidos que em geral são usados em limpeza domestica, mas com o aparecimento de atos de vandalismo e agressões a pessoas nas ruas com esses produtos eles acabaram sendo proibidos para comercilaização....e por mais que tentasse não encontrei nada à venda, e foi ai que me lembrei que limões, em especial o "limão Galego" tem um pH bastante ácido, e que por acaso tenho 2 pés dele por aqui (detalhe: comprei essas mudas com o nome de limão taiti, pois os galegos originais estavam sendo proibidos (também) devido a suscetibilidade ao cancro citrico).

Incrivel, em deposições recentes, basta pegar meio limão e esfregar o próprio na parte manchada e aguardar alguns minutos, e lavar com um pouco de água (que pode cair na água do aquário) e pronto....tudo limpinho de novo.

Vejam nop caso abaixo em paludário onde o respingo constante de água da cascata provoca essa horrivel imagem que não permite ver o seu interior...ou seja perde a graça, hehehe!

e depois de uma passadinha de limão - nesse caso a limpeza é feita regularmente - vejam a diferença (há uma imagem fantasma na foto mas é o refleexo da claridade da porta que estava aberta, e não deposição)

Em aquarios onde há tempos não se efetua a limpeza, o trabalho tem que ser mais persistente e demorado, pois temos que ir repetindo as aplicações de limão, pois as camadas são removidas sucessivamente, e assim o ideal é passar inicialmente uma dose generosa, e a cada quase secagem reaplicar nova esfregação...e sempre usando o próprio limão como bucha....até que após bastante repetições o vidro fica limpo....é preciso ter paciência pois a remoção é mais lenta, mas fica limpo.

e depois de várias aplicações

Espero que esta dica simples colabore para que seu aquário fique com outra aparência, e teste ai na sua região qual limão funciona melhor, pois todos possuem bastante acidez, embora uns mais que outros.

TESTANDO em uma bomba submersa que ficou sofrendo deposições calcarias em agua salobra, por 8 anos

foto da bomba antes do tratamento...

....durante o tratamento com caldo de limão, notem a espuma que a reação quimica provocou....e após 3 dias agindo....

...após alguns dias reagindo...dá até para ler a marca da bomba e potência de novo...e tudo isso sem nenhum tratamento de esfregar ou retirar a crosta...se limpou sòzinha...isto é com um limãozinho, hehehe!

E ai temos mais uma solução bastante natural.....

OUTRA DICA PARA O LIMÃO

O limão pode ser usado como desodorante para axilas....faça o teste, esfregando meio limão nas axilas e o "aroma" desagradavel desaparece como por encanto, e dura bastante tempo...Cuidado apenas em evitar a exposição da pele ao sol com o suco de limão ainda umido e presente na pele...pode produzir queimaduras

LIMPANDO MANCHAS MARRONS ADERENTES AO VIDRO

Alguns aquarios, com o passar do tempo criam um filme marron avermelhado nos vidros, que mesmo sob fricção com esponjas de aço não saem

Coletei por raspagens para ver se identificava alguma alga mas ao microscopio nada achei nada que se parecesse a algas, ou qualquer organismo vivo, e me surgiu a ideia de ser uma precipitação de metal ferroso, e assim testei com sucesso o uso de ácido oxalico (semorin- usado para tirar ferrugem) umidecendo um papel toalha bem dobrado, e milagorasamente as manchas desaparecem quando esfregadas e sua cor fica no papel toalha.

voltar